Renda Fixa

Produtos de Renda Fixa

 

Títulos do Tesouro

Os títulos públicos federais são emitidos pelo Tesouro Nacional e compõem a dívida pública interna. Servem como instrumento de captação de recursos para que o governo execute suas atividades. Sendo eles: Tesouro Selic (LFT), Tesouro Prefixado(LTN), Tesouro Prefixado com juros semestrais (NTN-F), Tesouro IPCA + (NTN-B principal) e Tesouro IPCA + com juros semestrais (NTN-B).

CDB – Certificado de Depósito Bancário

Os CDBs são títulos nominativos emitidos pelos bancos e caixas econômicas vendidos aos investidores como forma de captação de recursos do emissor. Contam com o FGC.

CRA - Certificados de Recebíveis do Agronegócio

Os CRAsestão vinculados a direitos creditórios originários de negócios realizados, em sua maioria, por produtores rurais ou suas cooperativas, relacionados ao financiamento da atividade agropecuária.

CRICertificados de Recebíveis Imobiliários

Os CRIs são títulos lastreados em créditos imobiliários, representativos de parcelas de um direito creditório. 

LCALetra de Crédito do Agronegócio 

Um título vinculado a direitos creditórios originários de negócios realizados entre produtores rurais ou suas cooperativas, e terceiros, incluindo financiamentos ou empréstimos, relacionados à produção. É emitida por Instituições financeiras apenas. Contam com o FGC.

LCILetra de Crédito Imobiliário

Um título de crédito que tem como lastro financiamentos imobiliários garantidos por hipoteca ou alienação fiduciária de imóvel. É emitida por Instituições financeiras apenas. Contam com o FGC.

Debêntures

As debêntures são valores mobiliários que representam dívidas de médio e longo prazos de Sociedades Anônimas (emissoras), de capital aberto ou fechado.

FIDC -  Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios

Os FIDCs representam uma comunhão de recursos que destina parcela superior a 50% de seu patrimônio líquido para aplicação em direitos creditórios.  Os direitos creditórios vêm dos créditos que uma empresa tem a receber, como duplicatas, cheques, contratos de aluguel, entre outros.

LFLetra Financeira

Um título de crédito nominativo que pode ser emitido por: 1) bancos múltiplos, comerciais, de desenvolvimento e de investimento; 2) sociedades de crédito, financiamento e investimento; 3) caixas econômicas; 4) companhias hipotecárias; 5) sociedades de crédito imobiliário; 6) cooperativas de crédito e; 7) BNDES. São instrumentos que visam alongar o perfil de captação dos bancos e, assim, facilitar o gerenciamento de ativos e passivos das instituições.

Letras de Câmbio

As letras de câmbio servem como instrumento de captação de recursos de sociedades de crédito, financiamento e investimento (Financeiras) para financiar suas atividades. As Letras de Câmbio são conhecidas como os “CDB das financeiras”. A maior diferença é que as LCs só podem ser emitidas caso as financeiras possuam transações comerciais (financiamentos) em volumes correspondentes que sirvam como lastro.          

DPGE – Depósito a Prazo com Garantia Especial do FGC

Os DPGEs são depósitos a prazo emitidos por instituições financeiras. Os bancos comerciais, múltiplos, de desenvolvimento e investimento, as sociedades de crédito, financiamento e investimento e as caixas econômicas são as instituições autorizadas a emitir este ativo.

FGC -  Fundo Garantidor de Crédito

O FGC é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que administra mecanismos de proteção aos investidores frente às instituições financeiras associadas ao Fundo. Para cumprir com seu papel, uma das funções que o FGC exerce é a de prestar garantia dos créditos emitidos pelas instituições associadas, em casos de decretação de intervenção ou liquidação extra judicial destas. O total de créditos de cada pessoa física ou jurídica contra a mesma instituição associada, ou contra todas as instituições associadas do mesmo conglomerado financeiro, será garantido até o valor de R$250.000,00.

Portuguese English Spanish